Blogue

icono

#Ligar-se à GT

Se procura conteúdo de valorização exclusivo relacionado ao setor,

icono

Notícias do Setor

Nesta secção, mantê-lo-emos informado sobre o que acontece no setor automóvel.

icono

Falam sobre nós

Dê uma olhada nas aparições da GT Motive na imprensa internacional!

GT Motive. Nova fase, novos serviços e estratégias
Conectar com a GT 07 Outubro 2013
Tags

GT Motive. Nova fase, novos serviços e estratégias

A GT Motive entrou numa nova fase da sua história através da parceria com a americana Mitchell Partner Company. Para além dos que dispõe, a GT Motive vai lançar uma série de novos serviços, e terá muitas outras novidades.

Na GT Motive há nove anos, António Osuna assumiu a direção da GT Motive Portugal, já em 2012. Durante todos estes anos que leva na empresa participou na estratégia do produto e de mercado como Diretor de Produto e, mais tarde, como Country Manager de Espanha desde 2009.
Em entrevista à TURBO OFICINA, fala-nos do presente e do futuro da GT Motive e dos novos serviços que irão surgir.

-Qual a importância do mercado português para a GT Motive? Tem sido difícil para GT Motive trabalhar com empresas portuguesas?

-O mercado português é, para qualquer empresa que pretenda prestar um serviço ibérico, um mercado importante. Temos de considerar as enormes sinergias que existem entre as empresas, consumidores, fornecedores e, sem António Osuna, GT Motive Portugal dúvida, as culturas portuguesas e espanholas. As grandes empresas são-no ao nível da Península Ibérica, razão pela qual o relacionamento com elas torna-se mais fácil se tivermos uma presença e cobertura em toda a península e nas áreas de influência.
Em relação à facilidade de trabalhar com empresas portuguesas devo dizer que nos sentimos muito confortáveis nesta relação, em parte porque dispomos de técnicos, gestores e presença portuguesa e, em parte, pela nossa ascendência galega e proximidade das nossas culturas e, especialmente, pela visão internacional que se nota no gestor português e que faz parte do ADN da GT Motive.

-Quais são as razões que levaram à aliança estratégica entre a GT Motive e a Mitchell Partner Company?

-Na verdade, a GT Motive é uma empresa com vocação europeia, especializada em soluções de avaliação de sinistros, manutenções e avarias
para o setor de pós-venda de automóveis, anunciamos a nossa aliança estratégica com a empresa norte-americana Mitchell Internacional em finais de 2012, passando esta última a fazer parte dos acionistas da empresa.
A GT Motive através deste acordo contará com plataformas de comunicação e sistemas de gestão dos sinistros líderes nos EUA que serão completamente inovadores na Europa e com recursos financeiros adicionais para adaptar estes novos produtos aos mercados, para continuar a desenvolver a presença da GT Motive em novos países e para investir em desenvolvimentos internos nos produtos actuais.
A Mitchell é uma empresa com mais de 65 anos de história, é a empresa norte-americana que lidera o mercado de soluções tecnológicas para
gestão de sinistros (materiais e corporais), tanto nos EUA como no Canadá. Processa anualmente mais de 50 milhões de transações através das mais de 300 seguradoras e empresas de reclamações e 30.000 oficinas que tem como clientes.
Além disso, as semelhanças que temos encontrado são muito grandes na nossa cultura empresarial, tanto na forma de compreender o negócio como na forma como nos relacionamos com os nossos clientes e funcionários.

-Quais são as vantagens que esta nova aliança estratégica trará para a empresa, considerando os setores para os quais desenvolvem soluções?

-Do ponto de vista das soluções que propomos ao mercado, hoje e graças a esta aliança, estas soluções oferecem a tecnologia que permite alcançar os melhores resultados e restabelecer a normalidade no dia-a-dia após um acidente ou uma avaria no veículo.
As soluções da GT Motive permitem, de forma simples e inovadora, modular e configurar os processos de gestão adaptando-os às necessidades específicas de cada um dos seus clientes.
Os nossos clientes disporão da grande quantidade de poderosas soluções de avaliação e informação técnica com uma nova plataforma tecnológica na nuvem baseada em processos colaborativos e na experiência no mercado americano evoluído, mas passando por um rigoroso processo de adaptação às realidades europeias.
As bases de dados serão complementares, por um lado, dispor-se-á do parque americano e, por outro lado, do parque europeu, complementando a base de dados de veículos mais extensa, fiável e completa do mercado.
A informação estará disponível para todos os países da Europa, na sua própria língua e na sua moeda, permitindo acompanhar os nossos clientes no seu desenvolvimento através da Europa.
A GT Motive é agora uma empresa capaz de simplificar e melhorar as trocas de informações utilizando plataformas colaborativas na nuvem que se ligam a todos os intervenientes do processo, gerando eficiência, qualidade e poupança.

-Essa dimensão permite-vos uma enorme partilha de informação. Como as oficinas poderão beneficiar disto?

-Estamos presentes em mais de 12.500 escritórios. Por isso, para o setor colocaremos à disposição de todas as oficinas de reparação a  informação e a capacidade de conetividade que se lhes torne mais fácil reparar a vasta gama de veículos diferentes que circulam na Europa, além disso, de as pôr em contacto com os seus clientes e fornecedores para aumentar o seu volume de trabalho e torná-lo mais rentável através da GT Motive Estimate, GT Motive GO!, GT Global, entre outras.
Encontramo-nos em 76 empresas de seguros e de renting em toda a Europa, oferecendo soluções de avaliação e de comunicação que permitam que a oficina faça o orçamento e seja validado pela empresa. A GT Motive Mitchell Workcenter conecta as oficinas a grandes  clientes, como é o caso destas empresas de seguros e empresas de renting e garantias mecânicas.

-E para as empresas para as quais trabalham, quais são as vantagens desta nova aliança estratégica?

-Cremos que muitas e boas. A GT Motive amplia a sua oferta permitindo chegar a mais partes do processo de gestão do sinistro, da tramitação de uma reparação e da satisfação final dos agentes envolvidos e, além disso, com maior profundidade.
Relacionado com este crescimento de soluções, a GT Motive lançou um ambicioso plano de investimentos, com mais de 28 milhões de euros para os próximos anos, que compreende a implantação de tecnologia segura e flexível, investigação, programação e acesso a novos dados.
De tudo isto e da visão internacional, da oferta integral e, sobretudo, muito próxima das necessidades do utilizador beneficia-se, sem dúvida, o nosso cliente.

 

-Irão surgir no mercado novos produtos e serviços da GT Motive? Quais?

-Certamente, como referia anteriormente, temos novas e poderosas soluções destinadas quer para ajudar as empresas de seguros e de renting na tramitação de sinistros e intervenções (GT Motive Mitchel WorkCenter ou GT Motive Global), quer com novas ferramentas para a gestão completa da oficina (além da avaliação da GT Motive Estimate) e comunicações com grandes clientes (GT Motive Mitchell Repair Center), além de outros sistemas e serviços que seria extenso referir, mas que irão surgir nos próximos meses.

-Quais são os principais desafios da GT Motive para o mercado português?

-Sem dúvida, um dos grandes desafios é fazer chegar às oficinas a nossa vocação de companheiro de viagem das empresas de reparação. São mais de 41 anos junto da oficina com uma liderança clara em Espanha, uma importante presença em França e uma boa entrada em  Portugal que gostariamos de expandir ao conjunto de oficinas com o objetivo de lhes prestar serviços e aproximá-las ainda mais da informação, da gestão e dos clientes onde se encontram as ordens de reparação.
Além disso, estamos empenhados numa expansão em cinco novos países nos próximos meses que virão a ser aumentados nos anos vindouros.

-Acredita que os serviços da GT Motive já estão bem aplicados nas oficinas em Portugal?

-Acredito que já estão a ser utilizados de forma que, sem dúvida, contribuem para o utilizador e para a empresa, mas temos um grande percurso para conseguir 100 % de efetividade, devem ser melhor conhecidos e permitir utilizar essas pequenas virtudes que possuem e fazem uma grande diferença. Por exemplo, não existe um produto no mercado com mais e melhor profundidade mecânica, é confortável de usar e de grande exatidão com grandes possibilidades de introduzir matrizes que adaptam a avaliação à melhor reparação possível, há linhas de consulta, técnicos do outro lado da Web ou do telefone que podem ajudar a utilizar mais e melhor os nossos serviços e que o utilizador seja enriquecido com isso.

-Irão colaborar com algumas empresas de renting em Portugal? O negócio dos gestores de frota é importante para a GT Motive?

Neste momento trabalhamos e com grande satisfação com os líderes do renting em Portugal, é o caso da LeasePlan, da Arval ou da Mapfre Assistência entre outros. Os gestores de frotas são um cliente natural das nossas ferramentas já que lhes são necessárias para a gestão dos seus veículos. São, na verdade, uma parte substancial das nossas receitas.

-Quais são os outros setores em que estão presentes e que novos setores pretendem dinamizar no futuro?

-Estamos presentes em todos os setores onde for necessária uma gestão técnica de um veículo, em seguros trabalhamos em Espanha e França com um grande número de empresas de seguros e peritos, com a utilização maciça das nossas aplicações, em Portugal é um dos setores em que teremos de trabalhar duro para abrir o “canal de comunicação das empresas” para tornar possível a utilização das nossas  plicações que, por outro lado, têm o reconhecimento da qualidade e prestações que este setor deseja.
Nas redes de oficinas temos hoje a confiança de grandes redes de oficinas tanto multimarca (como a rede Bosch Car Service) como oficiais e alcance de melhoria para utilizar a nossa ferramenta com a filosofia da língua comum, que torne legível para todos a informação e possa ser partilhada com facilidade.
Em relação a dinamizar o futuro, é um facto que todos nós devemos contribuir para melhorar a vitalidade da economia, a confiança e, em  definitivo, o progresso e a inovação, para tal fazemos uma aposta pela tecnologia e informação e por ferramentas online e na nuvem. Na GT Motive estão todos alinhados com estes valores e, sobretudo com os valores humanos que devem apoiar um crescimento saudável e sustentado.

Fonte: Turbo Oficina

Avaliação
 

Não há comentários

Deixe o seu comentário

A GT Motive informa-o que os dados de carácter pessoal que proporcione ao escrever um comentário serão tratados pela GT Motive S.L. A finalidade da recolha e tratamento dos seus dados pessoais é gerir os comentários e controlar o spam. A legitimidade realiza-se através do seu consentimento. Os dados que nos facilite, estarão situados nos servidores do nosso fornecedor de hosting Hetzner (www.hetzner.com/rechtliches/system-policies) na Europa. Ver política de privacidade de www.gtmotive.com : http://gtmotive.com/pt/politica-de-privacidade/. Poderá aceder, rectificar, limitar e eliminar os seus dados através de email lopd(@)gtmotive.com, como também o direito a apresentar uma reclamação a uma autoridade de controlo. Pode consultar aqui a nossa Política de Privacidade.

Artigos relacionados