Blogue

icono

#Ligar-se à GT

Se procura conteúdo de valorização exclusivo relacionado ao setor,

icono

Notícias do Setor

Nesta secção, mantê-lo-emos informado sobre o que acontece no setor automóvel.

icono

Falam sobre nós

Dê uma olhada nas aparições da GT Motive na imprensa internacional!

GT Motive na 1ª Conferência de Software e Dados Técnicos
Conectar com a GT 12 Novembro 2012
Tags

GT Motive na 1ª Conferência de Software e Dados Técnicos

GT Motive apresenta novas soluções tecnologias para as oficinas portuguesas com parceiros.

A GT Motive esteve presente na 1ª Conferência de Software e Dados Técnicos, que decorreu no passado dia 3 de Novembro, na Expo Salão Batalha, integrada no Salão Automecânica, o único Salão Nacional dedicado ao Pós-venda Automóvel.

Sob o tema “Software e Dados Técnicos nas Oficinas Independentes”, a conferência destinava-se a profissionais da reparação e manutenção automóvel. Esta conferência teve um carácter essencialmente prático, com o objetivo de dar aos participantes exemplos de como podem utilizar melhor as suas soluções.

A GT Motive apresentou o caminho das novas tecnologias às oficinas de Portugal. Estas novas tecnologias ajudam a melhorar a gestão dos negócios, principalmente agora nesta época de crise. É fundamental haver uma mudança, e é nesse sentido que a GT Motive, especialista em serviços de pós-venda, apresentou as suas soluções.

Reforçando esta ideia, o Country Manager da GT Motive moderou o debate sobre “Outras utilizações para o software de orçamentação”, onde foram debatidos os objectivos e valências dos softwares de orçamentação para preços de serviços aos clientes finais, comparação de preços, análise de custos, análise de margens brutas e gestão de dados dos clientes.

O debate contou também com a presença de representantes da Alidata e da Inforap, empresas que detêm soluções de gestão integradas (ERP/DMS) para o sector automóvel e oficinal, com quem a GT Motive tem desenvolvido projectos de integração da sua ferramenta de orçamentação.

Para Aloísio Cruz, Director Geral de Parcerias da Inforap, “Os programas de orçamentação, devido ao momento actual, assumem uma importância acrescida, uma vez que cada vez mais os clientes solicitam um orçamento final, pois precisam de ter uma definição exacta do custo final. Os programas de orçamentação são também uma ferramenta de fidelização e transparência para o consumidor. Além disso, para a gestão, os orçamentos têm um valor fundamental para análise “à posteriori”: as ferramentas de gestão trabalham e aproveitam os dados para ajudar a organização a tomar novas medidas.”

Para Carla Nunes, Directora Comercial da Alidata, “As oficinas têm de ganhar dinheiro a controlar as margens, e não na fuga ao fisco. As ferramentas de orçamentação permitem controlar as nossas margens, ver onde podemos ganhar mais, olhar para os nossos recursos e optimizá-los, e em caso de derrapagem, possibilita uma resolução da situação atempadamente. A integração dos dois softwares é uma enorme mais-valia e representa uma enorme redução de custos, minimiza o erro humano e possibilita que as pessoas fiquem libertas para outras funções. Qualquer pessoa dentro de uma oficina tem de se focar na venda.”

Para António Menezes, Country Manager da GT Motive Portugal, “Foi com imenso agrado que aceitei o convite para participar nesta conferência, uma vez que se tratou de uma óptima oportunidade para explicar e demonstrar as vastas possibilidades da nossa ferramenta de orçamentação, na optimização de processos e gestão de redução de custos. O método de gestão das oficinas em Portugal tem de mudar, os proprietários das oficinas têm de ser mais gestores do seu negócio, por isso têm de ter soluções que registem dados e lhes apresentem uma fotografia tal qual como o seu negócio está a evoluir. É com uma gestão “cirúrgica” que as oficinas precisam de se ajustar a estes tempos de crise e procurar formas de redução de custos, tanto para o cliente final como para a própria oficina, analisando muito de perto, por exemplo, dois indicadores fundamentais: a margem bruta da mão-de-obra, das peças e da pintura e os rácios de eficiência e produtividade da mão-de-obra”.

Finalmente, o Country Manager António Menezes não quis deixar de referir a importância dos outros parceiros de integração (ERP/DMS), apesar de não terem podido estar presentes neste evento, como foi o caso da Incadea Portugal através do seu Director Geral Manuel Mendeiros Casquilho, da Activex através do seu gerente António Gonçalves e das soluções SAP com o SIGA (Sistemas Integrados de Gestão Automóvel) utilizados pelo Grupo Auto-Sueco.

A GT Motive convidada pela SODICOR, também participou no colóquio «AGIR», com a intervenção de Júlio Arnaut, Key Account Manager da GT Motive, que fez a apresentação do painel “Receção ativa GT Estimate como forma de aumentar a taxa de sucesso nos serviços oficinais”, tendo-se destacado o papel importante do recepcionista que tem de ser cada vez mais comercial, suportado pela argumentação técnica da ferramenta de orçamentação no minuto.

A GT Motive esteve presente na Automecânica com o seu parceiro ALIDATA.

Avaliação
 

Não há comentários

Deixe o seu comentário

A GT Motive informa-o que os dados de carácter pessoal que proporcione ao escrever um comentário serão tratados pela GT Motive S.L. A finalidade da recolha e tratamento dos seus dados pessoais é gerir os comentários e controlar o spam. A legitimidade realiza-se através do seu consentimento. Os dados que nos facilite, estarão situados nos servidores do nosso fornecedor de hosting Hetzner (www.hetzner.com/rechtliches/system-policies) na Europa. Ver política de privacidade de www.gtmotive.com : http://gtmotive.com/pt/politica-de-privacidade/. Poderá aceder, rectificar, limitar e eliminar os seus dados através de email lopd(@)gtmotive.com, como também o direito a apresentar uma reclamação a uma autoridade de controlo. Pode consultar aqui a nossa Política de Privacidade.

Artigos relacionados